Travelex Bank
  • flag br
  • flag usa

Acesse seu Internet Banking

Acesse o nosso Internet Banking e faça suas operações de câmbio online.

Selecione o tipo de conta

Mercado local pode ser influenciado por ânimos no exterior

Resumo de Mercado
Imagem principal
Resumo de Mercado

3 min de leitura

Por: Confidence Câmbio • 26/06/2020

Cenário externo misto

Cotação das principais moedas do mercado

AGENDA DE EVENTOS | 26 de junho de 2020

BRASIL
08:00 
FGV: Sondagem do Comércio – Jun
10:20 BC faz leilão de linha
de até US$ 1,5 bilhão para rolagem de vencimentos de 2 de julho
11:30 BC faz leilão de até 12 mil contratos (US$ 50 milhões) de swap,
para rolagem

E.U.A.
09:30 
Deptº do Comércio: Renda pessoal – Mai
09:30 Gastos com consumo
11:00 Univ. Michigan: Índice de Sentimento do Consumidor (final) – Jun

EURO
Sem destaques

ÁSIA
China: feriado

Brasil

BRASIL
Mercado local pode ser influenciado por ânimos no exterior

Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank, o seu banco de câmbio

O Banco Central, por meio do Boletim Focus, espera uma retração de 6,4% da economia brasileira no ano de 2020. A predição é menos pessimista frente aos 9,1% de queda estimado pelo FMI. Conforme explicado pela Thais Herédia, colunista da CNN, a previsão do Fundo Monetário Internacional possui seus exageros. Entretanto, é inegável que o tombo da economia brasileira irá se concretizar neste ano.

Voltando-se ao âmbito do Poder Executivo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse em live junto ao presidente Jair Bolsonaro, na noite de ontem, que a prioridade do governo para a recuperação econômica é a geração de emprego e manutenção de renda. Dentre as medidas para destravar o investimento, Guedes mencionou o setor de gás natural, o encaminhamento da Reforma Tributária, redução do imposto sobre produtos industrializados e maior abrangência da cesta básica.

Por fim, no que diz respeito ao auxílio emergencial com foco em dar suporte ao mercado local, o governo estuda pagar três parcelas em valores decrescentes – R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

Mundo

MUNDO
Cenário externo misto pode afetar mercado local
Por Pedro Molizani – Trader Mesa de Câmbio Travelex Bank, o seu banco de câmbio

Os índices futuros das bolsas de Nova York operam com sinais mistos, após o Federal Reserve (Fed) divulgar resultados de seu teste de estresse com o setor bancário, no fim da tarde de ontem, e em meio a preocupações com o avanço do coronavírus em partes do território americano.

No mercado futuro, às 7h21, Dow Jones caía 0,28%, S&P 500 estava estável e Nasdaq tinha viés de alta de 0,12%. As bolsas europeias operam em alta, mantendo o tom positivo de ontem, após declarações da presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, de que “provavelmente já superamos a pior fase da crise do coronavírus”. Lagarde ponderou que o choque atual é mais grave do que a crise financeira de 2008 e que há um sentimento de cautela em relação à possibilidade de uma segunda onda de infecções pela covid-19.

Às 7h21, a Bolsa de Londres subia 1,50%, a de Frankfurt avançava 1,01% e a de Paris se valorizava 1,59%. As bolsas da Ásia e do Pacífico encerram os negócios desta sexta-feira majoritariamente em alta, seguindo o tom positivo dos mercados de Nova York após uma medida de alívio regulatório para bancos nos EUA, apesar de temores persistentes com o aumento de novos casos de coronavírus em alguns países, em especial nos EUA.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 1,13% em Tóquio, e o sul-coreano Kospi avançou 1,05% em Seul. Na Oceania, a bolsa de Sydney subiu 1,49%. A exceção na Ásia foi a Bolsa de Hong Kong, que voltou de um feriado com queda de 0,93%, após o Senado americano aprovar uma proposta para impor sanções a autoridades e empresas chinesas envolvidas na aplicação de novas leis de segurança nacional em Hong Kong. Na China continental, um feriado manteve as bolsas locais fechadas pelo segundo dia consecutivo.